Arquivo do mês: março 2009

Eu

Eu. Eu não sou nada. Talvez um nome da agenda de alguém. Uma assinatura numa ilustração. Um eco que aos poucos some entre paredes brancas. De duradouro, quem sabe um osso de perna cheio de parafusos, Na mesa de um … Continue lendo

Publicado em Sem Categoria | Deixar um comentário

Tempus Fugit

Outro dia escrevi a um amigo no Orkut, o tempo é como um trem-bala, dento dele parece tudo parado, mas quando olhamos pela janela é que vemos a velocidade com que vamos cortando a paisagem. Quem viu, viu, quem dormiu, … Continue lendo

Publicado em Sem Categoria | Deixar um comentário