Arquivo do mês: abril 2011

Sempre descobrindo, sempre surpreendendo-se

A música parece-se com o universo. Infinita, infinitamente surpreendente, infinitamente bela.

Publicado em Sem Categoria | Deixar um comentário

Nosso artista

Não sei se é coisa de pai coruja, ou se ele tem jeito pra área. Mas acho muito bom para seus 3 anos e 2 dois meses.

Publicado em Sem Categoria | Deixar um comentário

Nas nuvens

A cada vez que fico a sós, e tenho a chance de ouvir suas músicas, quase fico surdo, porque quero fazer o som entrar pelos meus poros. É a mesma coisa coma Florence. Já falei tudo isso, mas não custa … Continue lendo

Publicado em Sem Categoria | Deixar um comentário

Contra a perfeição

Não sei, mas passar os fins de semana enfiando dinheiro e tempo em um carro, ou malhando até ficar estufadinho e sair de camiseta menor que o necessário, ou ficar controlando cada caloria de cada coisa que come, é coisa … Continue lendo

Publicado em Sem Categoria | Deixar um comentário

Menino de futuro

Gosta de tinta como nunca vi. Vez ou outra prefere pintar a mesa, a parede ou fazer meleca nas mãos, mas definitivamente gosta de pintar. O azul é o primeiro que acaba, e quase sempre sai algo interessante.

Publicado em Sem Categoria | Deixar um comentário