Jaboticoeur

jaboticoeur1
Em 1997 fiz a experiência de unir dois amores, o desenho e a jaboticaba. Nasceu a Jaboticoeur. Depois de saborear as jaboticabas, deixei as cascas por algumas semanas em água e álcool, mais ou menos 50% de cada elemento. Depois, fervi por uma hora, deixei descansar e envasei. Acho que consegui uns 6 vidrinhos, para os quais fiz rótulos e presenteei alguns amigos. Ficou uma comigo, que reencontrei neste fim de semana na casa de minha mãe. O cheiro ainda é o mesmo, de jaboticada fermentada e um tanto alcoólica. A cor que obtive na época, um marrom avermelhado quando molhada e amarelo-ocre quando sêca, ainda é a mesma.
No ano seguinte tentei outra edição, mas por alguma contaminação, embolorou ainda quando estava no álcool.
Este ano se passou sem que eu conseguisse comer minhas adoradas alcachofras, mas ano que vem vou tentar recolher aquelas folhinhas internas, de pontas roxas, e ver se sai uma edição única de Artichautcoeur.
jaboticoeur2
jaboticoeur3
jaboticoeur4

Sobre Perkins

Brasileiro, Santoandreense, ilustrador. Curto quadrinhos, cinema, livros, internet e fotos. E um espaço onde colocar o que ficava na gaveta.
Esta entrada foi publicada em Sem Categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>